quinta-feira, 13 de junho de 2013

Dicas de segurança para o idoso no trânsito

Dicas de segurança para o idoso no trânsito
Dicas da Secretaria de Transportes, Trânsito e Infra estrutura Urbana
Ao caminhar na rua o idoso deve:

Andar sempre pela calçada e afastado da rua.
Em estradas ou vias sem calçada, caminhar o mais à esquerda possível, no sentido oposto ao dos carros para que possa ser visto.
Sempre que estiver carregando sacolas, deve deixá-las para o lado oposto ao da rua.
Quando acompanhado de mais pessoas, andar em fila única.

Ao atravessar as ruas o idoso deve:

Atravessar a rua sempre pela faixa de segurança, quando os semáforos para pedestres estiverem abertos. Caso não exista semáforo de pedestres, acene com a mão, sinalizando que fará a travessia.
Atravessar sempre em linha reta. Este é o caminho mais rápido até o outro lado da rua.
Atenção, olhe para os dois lados, duas, três ou mais vezes, até ter certeza de que nenhum veículo se aproxima.
Em vias de grande movimento ou de alta velocidade, procure utilizar as passarelas.
Ao passar pelas lombadas eletrônicas, os veículos reduzem a velocidade. Por isso, atravesse sempre próximo ao equipamento ou na sua faixa de segurança.
Ao desembarcar de um veículo, o idoso deve sair pelo lado da calçada e aguardar até que ele se afaste para iniciar a travessia.
O idoso nunca deve atravessar a rua atrás de ônibus, carros, árvores ou outros obstáculos que impeça que os motoristas o vejam.

O idoso deve ficar de olho na sinalização e nos veículos:

Orientar-se por meio das placas de sinalização e dos semáforos.
Respeitar as vias exclusivas para ciclistas.
Para atravessar, siga até o semáforo para pedestres e aguarde a sua vez de passar, caminhando pela faixa de segurança.
No trajeto diário, procure fazer o caminho mais seguro, com menor fluxo de veículos, calçadas e cruzamentos sinalizados. Quanto menor o número de travessias, melhor.

Seguidores

Google+ Badge

Postagens populares

Prestação de serviço

  • "TAMBÉM PODERÁ GOSTAR DE:"